Google+ Followers

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Créditos de celular pré-pago não terão mais prazo de validade




Clique para ver a imagem em seu tamanho real


A Justiça proibiu que as operadoras de telefonia móvel estabeleçam qualquer tipo de prazo de validade para créditos pré-pagos. A decisão deve ser cumprida em todo o território nacional, sob pena de multa diária no valor de R$ 50 mil.

Para o relator do processo, o desembargador federal Souza Prudente, o estabelecimento de prazos de validade para os créditos pré-pagos de celular configura-se como um confisco antecipado dos valores pagos pelo serviço público de telefonia, que é devido aos consumidores.

As operadoras Vivo, Oi, Amazônia Celular e TIM estão proibidas de subtrair créditos ou impor prazos de validade para sua utilização, tendo também que reativar no prazo de 30 dias o serviço dos usuários interrompido em razão da expiração dos créditos e restituir a exata quantia em saldo existente à época da suspensão.

Portal R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário