Google+ Followers

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Programação para os últimos dias de campanha, conforme determinação da Justiça Eleitoral, para Jandaíra.


 

Sargento Francisco afirmou que vai trabalhar para garantir o cumprimento das determinações judiciais.


Faltando quatro dias para a eleição e com apenas dois dias de propaganda nas ruas, a justiça eleitoral permitiu que as duas coligações que disputam a prefeitura de Jandaíra fizesse mobilizações ao mesmo tempo, porém em lados opostos. 

O município e o centro foram divididos em duas áreas. O centro com o lado sul, onde está localizada a calçada de eventos da cidade, e o lado norte, onde está situada a igreja matriz. O município com a parte oeste, lado de Trincheiras e o leste para Tubibal.

Cada coligação pode utilizar apenas um setor do município e um lado do centro em cada dia de forma alternada, ou seja, quem for para um lado hoje (quarta feira 03), na quinta, dia da vigília, faz mobilização no lado oposto.

A coligação Unidade Popular, que tem Selmo de Melo como candidato prefeito, segue nesta quarta para Trincheiras. A coligação Pela Vontade do Povo, que tem Beto Roque como candidato a prefeito, poderia ir para Arueira, mas como já fez comício na localidade, na última semana, optou por fazer mobilizações apenas no centro onde ocupa a parte norte da cidade.

Como na quinta feira os lados se invertem, a vontade do povo vai para Trincheiras e realiza passeata e comício no lado sul, rua Maria das Merceis. Já a unidade popular faz vigília ao lado da igreja matriz.

Passeata na Avenida Aristófanes Fernandes


De acordo com determinação judicial, nenhuma das coligações poderá utilizar a avenida principal para passeata ou carreata. Em contato com o chefe do efetivo da polícia militar, Sargento Francisco, ele informou que as coligações podem usar a avenida principal apenas para entrar na cidade e se dirigir ao seu setor, onde pode fazer passeata, carreata e comício. O sargento foi taxativo ao informar que vai agir no sentido de garantir as determinações da justiça.

Efetivo policial


Quanto ao efetivo policial para o dia da eleição, o sargento informou que vai contar com reforço policial. Ele acredita que o reforço chegará à cidade já no sábado (06) com o objetivo de auxiliar a justiça eleitoral na montagem das urnas eletrônicas. Sobre a quantidade de homens para reforçar a segurança, o sargento Francisco disse que não sabe quantos homens serão enviados  e que essa determinação cabe a companhia sediada em Macau.


  










  
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário