Google+ Followers

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Patrimônio público é alvo de furto, em Jandaíra, e polícia não tem pistas sobre o caso.



Polícia Militar dispõe de apenas um policial por dia para fazer a segurança de 6.800 habitantes


Um prejuízo social e material para a população de Jandaíra. Nos últimos dez dias, o patrimônio público da cidade está sendo alvo de frequentes furtos. O dessalinizador de Trincheiras e equipamentos do matadouro foram misteriosamente furtados.

Do matadouro, os bandidos levaram uma pistola de ar comprimido uma serra e uma bomba. O equipamento era utilizado no abate dos animais. A polícia foi informada do furto por um funcionário da prefeitura local e acredita que os bandidos tenham feito o transporte do material em carro de mão. Cadeados e fechaduras do prédio foram encontrados quebrados.

Do dessalinizador da comunidade de trincheiras, localidade situada às margens da BR 406, estrada que liga Natal a Macau, os bandidos levaram três bombas. O equipamento era utilizado no tratamento da água fornecida a comunidade e retirava o sal do líquido melhorando a sua qualidade.

O sargento Francisco, chefe da Polícia Militar na cidade, concedeu entrevista ao Blog Jandaíra News e não acredita que os casos tenham alguma ligação. “Eu não acho que há alguma ligação entre os casos porque no caso do matadouro, os bandidos fizeram o transporte do equipamento em carro de mão e no caso do dessalinizador o transporte foi feito em automóvel”. 

O sargento informou ainda que na mesma noite em que furtaram a comunidade de Trincheiras também houve um furto na comunidade de Serra Verde, localidade às margens da mesma estrada e situada a poucos quilômetros de distancia.

Nos dois últimos meses, o município de Jandaíra vem sendo alvo de alguns casos de violência. Além dos furtos ao patrimônio público, o caixa eletrônico de uma farmácia foi roubado em uma ação onde a quadrilha manteve uma família em cárcere privado durante algumas horas e agência dos correis também foi roubada. A Polícia Militar dispõe de apenas um policial por dia para fazer a segurança dos 6.800 habitantes.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário