Google+ Followers

terça-feira, 11 de junho de 2013

1ª parcela do FPM de junho sofre queda de 35% em relação a maio



Apesar de apresentar um aumento em relação ao mesmo período do ano passado, a primeira parcela do Fundo de Participação dos municípios de junho é menor do que a do último mês. O aumento de 11% acontece em relação ao valor pago em 2012. No entanto, a queda em relação ao mês de maio chega a 35,41%.
Sem contar que, naturalmente, acontece o crescimento vegetativo da máquina e aumento dos salários, além de outras despesas. "Vale lembrar ainda que estamos saindo de um grave problema de enfrentamento à seca e as previsões para os próximos meses são extremamente negativas em virtude da devolução do Imposto de Renda, que é um dos principais componentes que interferem no repasse de recursos às prefeituras: 85% do FPM. Os outros 15% são exatamente os recursos oriundos do IPI, que permanece desonerado pelo Governo Federal", destaca o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Benes Leocádio.
 Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário