Google+ Followers

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Vereador corrige erro publicado sobre liderança na câmara



Vereador Wdagno Sandro não entregou liderança, apenas cumpriu regimento ao informar que o nome do líder deve ser encaminhado pelo executivo a cada início de ano legislativo.


Câmara de Jandaíra


Na reunião da Câmara Municipal de Jandaíra, realizada ontem (segunda, 25), o vereador Wdagno Sandro, após ser questionado por um vereador da oposição e por diretor do SINTE/RN, informou ao presidente da casa, vereador Laércio Neves de França, que a bancada da situação no legislativo aguardava o ofício do prefeito comunicando à presidência o nome do líder para o ano de 2014.

De acordo com o art. 24, parágrafo terceiro, do regimento interno da Câmara, o executivo municipal tem que enviar, no início do ano legislativo, o nome do seu líder, ou seja, o regimento exige a comunicação oficial pelo executivo para que o líder possa atuar regularmente, e dispor de maior tempo no plenário.

O líder pode ser o mesmo do ano anterior, ou não, depende do prefeito. Como a situação dispõe do apoio de quatro vereadores, qualquer um deles pode ser escolhido pelo prefeito, contanto que a comunicação seja feita formalmente por meio de ofício.

Essa explicação foi dada ao presidente da casa pelo vereador Wdagno Sandro, que foi líder do prefeito no ano de 2013. Contudo, foi mal interpretada e publicada de forma equivocada por um blog da cidade.

Além de afirmar erroneamente que Wdagno Sandro entregou a liderança do prefeito na câmara, a notícia chegou a sugerir, ardilosamente, um rompimento entre o prefeito Beto Roque e o Ex-prefeito Silvano, que é presidente do PSB local.

Esclarecendo os fatos, o vereador Wdagno Sandro comunicou que a escolha do líder situacionista deve ser feita pelo chefe do executivo, um direito que faculta a ele, e em razão disso não pode o vereador atropelar a decisão do prefeito, nem tão pouco dos demais vereadores.

Além do mais, ressaltou que todos os quatro vereadores da situação podem exercer o múnus e podem ter interesse para tanto, não cabendo, portanto, a escolha ser feita isoladamente, mas sim em conjunto com os membros da bancada e com a decisão do executivo.


Por fim, lamentou o vereador que a notícia seja tratada com tamanha irresponsabilidade, disse que, mesmo sendo ele o principal personagem da notícia, não foi ouvido pelo blog que noticiou a informação e que lamenta profundamente o fato da sociedade jandairense estar comprado notícia errada.  O vereador também estranhou os fatos do seu nome estar incomodando tanto a oposição e a tentativa oculta de se provocar um “mentiroso” racha na situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário