Google+ Followers

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Finalmente, a Câmara dos Deputados aprova o fim do Voto Secreto. A decisão também vale para vereadores e deputados estaduais.

O ditado popular que diz que não há um mal que vem para bem nunca foi tão aplicável no Congresso Nacional. Após a decisão que beneficiou o deputado Natan Donadom, a Câmara dos deputados aprovou o fim do voto secreto no legislativo brasileiro.

A decisão também vale para as Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais, mas o projeto ainda terá que ser votado no Senado Federal. O projeto prevê o voto aberto em todas as votações do Congresso, mas o presidente do senado, Renan Calheiros, deu entrevista a imprensa afirmando que é favorável a aprovação de outro projeto que prevê o voto aberto apenas nos julgamentos dos congressistas.

O senador justificou seu argumento afirmando que o tal projeto, defendido por ele, entraria em vigor com maior rapidez. Renan Calheiros não levou em consideração o desejo da sociedade que há anos pede o fim do voto secreto no Congresso. A ideia de Renan vem repercutindo nas redes sociais como mais uma tentativa descarada de manter o voto secreto no legislativo brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário